Peeling Facial: Um Tratamento Eficaz

Saúde

Método eficaz, preventivo e rápido no combate as manchas de sol (menasmas), cicatrizes de acne, problemas com espinhas, rugas finas, pele seborreica; o peeling facial também é uma alternativa para quem deseja aumentar a produção de colágeno e postergar a flacidez facial.

Feito com ácidos de baixa concentração, este tipo de descamação facial é superficial e até por isto, envolve um baixo risco de complicações, baixa fotossensibilidade (sensibilidade a luz) e é um dos tratamentos estéticos mais democráticos da atualidade porque pode ser realizado nas mais distintas peles.

Em entrevista, a esteticista e fisioterapeuta com especialização em dermatofuncional Silvia Cristina Gusman Molina falou sobre o assunto.

Passo a passo

O processo inicia-se uma semana antes com a realização de uma limpeza de pele. No dia da aplicação do ácido, a pele é novamente higienizada com loções e somente depois, estará pronta para receber a química. O passo seguinte consiste em interromper o procedimento com a aplicação de um neutralizador e água corrente. Para alcançar melhores resultados, todas as etapas são repetidas e a sessão termina com a aplicação de um filtro solar.

O tratamento não tem um tempo certo de duração, tudo depende da condição da pele de cada cliente e também, dos resultados obtidos após a realização de cada sessão de peeling.

Cuidados necessários

Após a realização do peeling, usar sempre o filtro solar, reaplicando-o a cada quatro horas. Não usar hidratantes ou outros cremes faciais e nem maquiagens durante alguns dias. Fuja também de banhos quentes e da exposição solar por um tempo.

Sinal vermelho

O peeling é contra-indicado para mulheres grávidas, pessoas com ferimentos, herpes ou que estejam no período pós-operatório. Além disto, peles sensíveis ou que apresentam vermelhidão solar não são ideais para receber ácidos. Outra restrição ao tratamento é nunca fazer uma sessão de peeling logo após ter realizado depilação facial.

Hidratação

Após alguns dias da realização do peeling, a sugestão é fazer uma hidratação facial porque a pele estará sensível e já apresentando descamações no local. O processo de hidratação é simples e se inicia com a realização de uma nova higienização na face seguida por sua esfoliação e a aplicação de uma máscara hidratante. O uso de bandagens e vapor também é benéfico para a hidratação, bem como a reaplicação de uma nova solução hidratante e o uso de filtro solar.

Clareamento de manchas

Nos casos de manchas de sol (menasmas), os cuidados devem ser redobrados e por isto, após o feitio do peeling e da hidratação facial, também é aconselhado a realização de um tratamento clareatório. Este pode ser iniciado com algumas sessões clínicas e estendido para o ambiente doméstico com a aplicação de cremes clareadores à base de azueleno e camomila que potencializam o trabalho realizado pela profissional e minimizam as manchas.

Conselhos da profissional

Sempre procurar profissionais especializados para a realização de procedimentos estéticos,
Observar as condições da clínica ou do local da realização do tratamento. Atentar para a realização de testes prévios ao procedimento com o objetivo de constatar alergias ou sensibilidade extremada. Se estes sintomas aparecerem após a realização do peeling, aplicar somente água gelada no local e consultar um médico dermatologista imediatamente.

O outono e inverno são as estações ideais para a realização de tratamentos estéticos envolvendo o uso de ácidos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *